Mercado gospel na balança II: Comunicação & Marketing

Neste quesito, os artistas “pecam” muito. Boa parte deles, se não mesmo a maioria, comunica muito mal. Ouvir alguns, é um exercício que requer muita paciência. Dá vontade de chorar, quando visito as páginas nas redes sociais de muitos artistas. Além de erros ortográficos inaceitáveis, ideias descabidas e futilidades encontram-se nas suas páginas. Lembre-se, estou a falar de artistas cristãos que têm a missão de pregar o Evangelho.

facebook-successful-in-raising-over-10-million-in-two-days-towards-nepal-earthquake-disaster

Pelo que se vê, dá para perceber que muitos não lêem, não estudam. Sublinho, para estudar não é necessário sentar na cadeira de uma instituição e ter um professor a dar voltas a sala. O indivíduo pode ser autodidata, quer dizer, pessoa que criou cultura de ler e pesquisar temas de seu interesse para aumentar seu conhecimento. E hoje com os smartphones e tablets, temos o mundo na mão e não podemos tolerar mais a mediocridade.

Não posso deixar de referir que muitos cantores e cantoras vestem-se mal. Isso também é comunicação. E nem venham me dizer que é falta de recursos financeiros, não. Não é. O problema é que muitos (as) estão na música gospel, mas inspiram-se em músicos/cantoras seculares. São “mundos” diferentes.

É inconcebível que o decote ou a racha do vestido da cantora que quer subir num palco transformado em altar do Senhor, seja igual ao da Beyonce que não tem ministério de louvor. Nem dá bom testemunho.

Em plena era digital, é necessário ter uma boa presença na internet. O mundo caminha a passos largos para a digitalização. Um artista deve colocar na internet as mais relevantes informações sobre si e seu trabalho.

Hoje, quando alguém ouve falar de um artistas, a primeira coisa que faz é procurar por ele na internet. Se o Google ou o Bing, para não falar do Youtube, nada dizem sobre seu trabalho, você não existe.

Poucos são os artistas que conseguiram criar páginas nas redes sociais que reúnem um conjunto de informações que ajudam a perceber quem são e o que fazem e mantêm suas agendas actualizadas.

Há quem criou 2 perfis no facebook e mistura tudo assuntos de trabalho com outros que deveriam ficar restritos ao seu circulo intimo.

 

Ler também:

MERCADO GOSPEL NA BALANÇA III: CONCERTOS DE MÚSICA GOSPEL

IMPRENSA CRISTàNA BALANÇA

MERCADO GOSPEL NA BALANÇA I: NÃO FOI O MELHOR ANO. COM CERTEZA NÃO.

 

Comentários

comentários

Gil Lucamba

Jornalista, Gestor de Mídias Sociais. Fundador do portal de notícias Arautos da Fé.

Mais Artigos - Website

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


Inscreva-se para receber as novidades por email

* campos obrigatórios