SBA na rota final para membro da SBU

A Sociedade Bíblica em Angola (SBA) passará em novembro próximo, a membro efectivo da Sociedade Bíblica Unida (SBU), anunciou o Reverendo Valente Tomás Tseco, Director Executivo da Sociedade Bíblica de Moçambique, durante a 9ª Assembleia Geral de balanço da SBA, realizada no passado dia 9 de outubro. 

Membros da SBA no final de mais uma Assembleia Geral. (Foto: cedida pela Ass.)

Membros da SBA no final de mais uma Assembleia Geral. (Foto: cedida pela Ass.)

Segundo o Pastor, até a presente data, a Sociedade Bíblica em Angola trabalha como um escritório das Sociedades Bíblicas Unidas. Mas por ter verificado e confirmado que reúne os requisitos exigidos, o Conselho Administrativo da SBU reunido na sua segunda sessão ordinária, anuiu que esta se torne membro de pleno direito.

O relatório da SBA apresentado pelo seu Conselho Administrativo, “arrancou” aplausos por, a instituição não possuir dívidas, facto confirmado pelo parecer do Conselho Fiscal. 

O Reverendo Alberto Daniel, Secretário Geral da Igreja Evangélica Reformada de Angola (IERA), felicitou a direcção da SBA, encabeçada por Beatriz Hupa – Secretária Executiva da SBA, pelo “excelente” trabalho realizado durante o exercício do biénio 2018/2019.

Na ocasião, a Missão Apostólica dos Crentes em Angola (MACA) foi aceite membro efectivo da Sociedade Bíblica em Angola, enquanto a Igreja Evangélica Sinodal em Angola (IESA) outorgada com menção honrosa, fruto do seu contributo (ofertas do Dia da Bíblia) e o Reverendo Manuel Costa de Carvalho pela efectivação do Website. 

As Sociedades Bíblicas Unidas (SBU) foram criadas em 1946 com o objectivo de facilitar o processo de tradução, produção e distribuição das Escrituras Sagradas por meio de estratégias de cooperação mútua. As SBU congregam 149 Sociedades Bíblicas, que actuam em mais de 200 países e territórios.

Essas entidades são orientadas pela missão de promover a maior distribuição possível de Bíblias, numa linguagem que as pessoas possam compreender e a um preço que possam pagar.

Comentários

comentários

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


Inscreva-se para receber as novidades por email

* campos obrigatórios