Psicólogo defende aposta na educação para combater crime

O Psicólogo Clínico, Fernando Kawendimba, defendeu a necessidade de se investir mais na educação como forma de travar a criminalidade. 

Psicologo clínico Fernando Kawendimba. (Foto: Jaime Chiquito)

Psicologo clínico Fernando Kawendimba. (Foto: Jaime Chiquito)

Convidado por este portal, a comentar a morte de um suposto criminoso por um agente dos Serviços de Investigação Criminal na semana passada, em Luanda, o especialista afirmou que “ninguém tem direito de colocar termo a vida de outrem” e defendeu a realização de um estudo sobre as causas do aumento da criminalidade.

Sobre a existência de um elevado número de igrejas que não ajudam na mudança de comportamentos, o também docente universitário, disse que muitas delas surgem com fins “mercantilistas”, com o objectivo de “render lucros”.

“É preciso regulamentar e supervisionar, agir sobre (elas). Até certo ponto, poderíamos classificar como criminosas, porque, alienam, roubam, mentem.

Comentários

comentários

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


Inscreva-se para receber as novidades por email

* campos obrigatórios