Produtores chamados a apostar na música infantil

O Salão paroquial da Igreja Nossa Senhora de Fatima, em Luanda, acolheu ontem (Domingo), a primeira edição do Top Ser Criança, promovido pela Rádio Ecclesia.

DSC_0241 copyPedro Kina,conquistou o primeiro lugar do concurso, que visa promover e valorizar a música infantil. Suzileine Carla e Bernarda Miranda,conquistaram o segundo e terceiro lugares,

Elizabeth Calei, realizadora do programa ser criança da Rádio Ecclesia, falou dos objectivos do evento lamentou o facto de que crianças, seja actualmente obrigadas a cantar musicas com conteúdos para adultos. “Senti a falta falta de vozes infantis no nosso mercado musical e então veio a necessidade de promover um festival infantil, para encontrar talentos. As crianças hoje cantam mensagens para adultos, então fizemos algo diferente.”

DSC_0283 copyQuanto aos objectivos, Elizabeth afirmou que “Graças a Deus” foram alcançados. “Tivemos três meses de preparação, os vencedores mostraram competência, gostamos muito e não vamos parar por aqui. Queremos continuar com esta actividade no próximo ano. Neste, algumas coisas aconteceram e outras não, no próximo ano vamos procurar fazer melhor.”

Para os produtores musicais, deixou o desafio, de apostarem na produção de músicas infantis. “Acho que devem apostar nas crianças, há muita criança com talento e que gosta de cantar, e também não só produtores, chamar a atenção das famílias, porque são o nosso apoio. As vezes sabemos que o nosso filho ou a nossa filha, tem talento para aquela área, mas não deixamos este talento ser mostrado.”

Clarry Dongala, membro do corpo de júri, classificou a participação concorrentes como positiva, e reconheceu o esforço por eles empreendido.

“Visto que são crianças, a menor delas com 5 anos e as outras de 14-15 anos, apresentando temas difíceis, temas educativos e de impacto social, tiveram boa aceitação, desde a produção até a apresentação ao público, dou nota positiva. Foi um trabalho muito grande, são crianças em fase de aprendizagem e de crescimento, então os conhecimentos na musica também estão numa fase inicial, mas já é salutar, porque o objetivo principal é incentivar as crianças a saber o que devem cantar.”

Também produtor musical, Clarry, felicitou a Rádio ela iniciativa e encorajou os outros produtores a velar por essa franja da sociedade. “Agradecer a Rádio Ecclesia pela iniciativa deste “Top Ser Criança”, as outras outras instituições podem seguir o exemplo, visto que são actividade que cursam com o intuito de engrandecer a música infantil.”

DSC_0090 copy“Os promotores de eventos, os promotores de artistas podiam estar aqui para acompanhar o evento, mas poderão acompanhar no próximo ano. O importante para nós corpo de jurado, estamos satisfeitos porque temos crianças que cantam e essas crianças não só cantaram, como também espelharam a sua alegria, conseguiram transmitir as suas mensagens para nós. Então aos produtores, que apostem também na música infantil para incentivar mais as nossas crianças nessa arte musical.”

Ao total, 50 concorrentes participaram do concurso e 7 chegaram a fase final. Foram obrigados a apresentar músicas infantis e mensagens que chamassem a atenção da sociedade. Para a classificação contou também, a postura em palco e a dicção.

O primeiro classificado vai gravar um cd e um videoclip, a segunda videoclip e uma música, e a terceira classificada um videoclip. DSC_0268 copyDSC_0044 copy

Comentários

comentários

Artigos relacionados

comentários

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


Inscreva-se para receber as novidades por email

* campos obrigatórios