Livro trás a história “real” dos tocoistas

“A Lenda do Missionário” é o título da mais recente obra  literária, lançada  recentemente no  Marco Histórico do Kifangondo  em  Cacuaco, na província de Luanda. 

Reverendo Julião Tchundo Katemba, um dos autores da obra.

Reverendo Julião Tchundo Katemba, um dos autores da obra.

Em 145 páginas, o livro aborda o percurso histórico  da Igreja Tocoísta e do seu líder  fundador,  Simão Gonçalves Toco.

Cerca três  mil exemplares foram colocados a disposição dos leitores.

O Reverendo Julião Tchundo Katemba, um dos autores, disse que a mesma será de grande valia para os tocoístas e não só, que terão a oportunidade de conhecer  mais  sobre a historia  real  da Igreja.

Segundo o religioso, Simão Gonçalves Toco, a quando da sua estada nas terras Lusas, nomeadamente na  região dos Açores, escreveu  muitos livros e cerca 12.300 cartas que até hoje não são divulgadas.

Katemba, disse que a liderança da Igreja hoje, está  entregue a pessoas que nem se sequer conhecem a sua história real e que tudo  fazem para a deturpar.

O Reverendo explicou ainda a reportagem do portal Arautos da Fé, que os problemas na Igreja Tocoísta já se arrastam desde 1984, a quando do desparecimento físico de Simão Gonçalves Toco e que um  grupo  constituído por 12 mais velhos, tudo faz com vista a repor a legalidade.

Comentários

comentários

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


Inscreva-se para receber as novidades por email

* campos obrigatórios