Lioth Cassoma aponta “intimidade com Deus” como factor determinante do avanço musical 

O crescimento que a música gospel em Angola começa a apresentar, deve-se ao relacionamento sério que muitos músicos  têm com Deus, considerou domingo, 11 de Março, a cantora angolana Lioth Cassoma. 

Lioth Cassoma

Lioth Cassoma

Lioth destacou tal facto, ao falar num seminário realizado sob o tema: A juventude e a música, tendo referido a necessidade das pessoas glorificarem a Deus por esse importante avanço.

Tal como o rei David, prosseguiu a cantora, os instrumentistas devem ter os seus instrumentos musicais ungidos, ou seja, consagrados a  Deus.

De acordo com Lioth Cassoma, uma música sem a presença de Deus não quebra o jugo do inimigo.

Por outro lado, advertiu os músicos no sentido de vigiarem sempre.

“Lúcifer foi destituído do lugar que ocupava no céu, mas não lhe foi retirado o poder de fazer música”,  alertou.

Lamentando a frieza espiritual que se denota em alguns lugares, Lioth Cassoma disse:

“Ministrei num lugar em que quase  tive que pedir favor para as pessoas louvarem. É importante sabermos que não estamos a fazer favores a Deus”.

Comentários

comentários

Artigos relacionados

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


Inscreva-se para receber as novidades por email

* campos obrigatórios