Igreja Nova Apostólica é contra prática do aborto

O líder mundial da Igreja Nova Apostólica, apóstolo maior Jean-Luc Schneider, afirmou hoje, domingo, nesta cidade, que usa a Bíblia e o Catecismo para mostrar aos seus seguidores que não se deve aprovar o aborto, apesar de respeitar as opções das demais pessoas sobre a matéria.

FIÉIS DURANTE CULTO

Fiéis durante o culto. (Foto: Angop)

Em entrevista à Angop, na cidade de Benguela, onde chegou no sábado, em missão pastoral, defendeu que a igreja não deve aprovar o aborto, pois, usa a palavra de Deus (Bíblia e Catecismo) para mostrar aos seus seguidores o quão é errada essa prática, não obstante as opções de cada ser humano.

“O que a igreja faz é aconselhar e educar as irmãs e irmãos para que não pratiquem o aborto”, porém, não devemos dizer aos políticos que condenem ou aprovem o aborto, porque essa é responsabilidade dos políticos e não da igreja”, frisou, quando questionado sobre o ponto de vista da sua igreja sobre o novo Código Penal que vai à aprovação do plenário do parlamento angolano e que incorpora a questão do aborto.

Aliás, acrescentou, “seja qual for a decisão da mulher, nós continuamos a amar tal como o amor foi proclamado por Cristo – amai-vos uns aos outros (…), esta é a posição da igreja, já que ela não se intromete na questão da aprovação das leis, porque isso tem a ver com os políticos que devem tomar as suas responsabilidades”, afirmou.

Sobre os actuais níveis desenvolvimentos do país, nomeadamente os esforços no combate a corrupção, a mais alta entidade da igreja Nova Apostólica negou comentar, afirmando que a igreja abstém-se de questões políticas, por não ser a sua área de acção.

Em relação à juventude que, as vezes, deixa-se perder no mundo das drogas e do alcoolismo, o Apóstolo maior Jean-Luc Schneider frisou “Jesus ensinou a orar e andar segundo os ensinamentos de Deus e nunca às drogas ou ao álcool que prejudicam a saúde humana e familiar”.

Numa outra vertente, encorajou os fiéis a viverem segundo o Evangelho, seja em que situação se encontrarem.

Num culto dominical que orientou hoje, no Cine Monumental (no centro da cidade), o responsável máximo da igreja Nova Apostólica no mundo destacou com alguma insistência a “importância da Palavra”, que, para si, deve entusiasmar os fiéis, além de habitar abundantemente nestes.

“Não só essa Palavra (ensinamentos de Jesus Cristo descritos na Bíblia Sagrada) deve habitar nos nossos corações, mas também na nossa comunhão, determinando a unidade entre todos”, disse.

Jean-Luc chegou na noite deste sábado a Benguela proveniente da cidade do Huambo, onde trabalhou igualmente em serviço divino e faz-se acompanhar de outros apóstolos e bispos espalhados pelo mundo.

Sem avançar o número de fiéis, o Apóstolo Maior informou que a igreja Nova Apostólica está representada em quase todos os países do mundo.

Apesar de visitar Angola quase todos os anos, esta é a primeira vez que se deslocou a cidade de Benguela.

Fonte: Angop

Comentários

comentários

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


Inscreva-se para receber as novidades por email

* campos obrigatórios