Deus criou homem e mulher

O casamento foi instituído por Deus que criou homem e mulher e continua a ser importante na nossa sociedade. “Não é bom que o homem viva só”, diz a Bíblia.

Reverendo Bernardo Vongula

Reverendo Bernardo Vongula, depois de ter celebrado um casamento na cidade do Kuíto.

Estas considerações foram feitas na cidade do Kuíto, província do Bié, onde esteve o portal Arautos da Fé, pelo pastor da Catedral da Paz, afecta a Igreja Evangélica Congregacional em Angola (IECA). 

Segundo o Reverendo Bernardo Vongula, chega um momento em que o homem “deve” deixar os seus pais, arranjar uma companheira e formar um lar, tendo Cristo como alicerce.

Comentando o que facto de existirem casais que vivem “maritalmente” há muitos anos, o pastor, apontou falta de segurança como razão e disse que quem “está seguro” de que aquele ou aquela é a sua companheira ou companheiro, casa.

Para Bernardo Vongula, é vergonhoso ver os filhos serem chamados de casados e os pais de solteiros. “Os pais devem ser modelos para os filhos”.

Família que separa um casal comete pecado

O casamento é para unir as famílias, entende o pastor e lamenta que há famílias, que diante de um problemas entre o casal, ao invés de ajuda-los a solucionar, tendem a separa-los. O conselho que dão não é bom perante Deus, observou.

A família, exortou, deve unir e não separar, pois que no altar, o compromisso assumido é que só a morte separará o casal. “A família que separa comete o maior pecado”.

Há famílias, explicou, que “casando nela” a vida se torna um martírio. “Até nós como pastores, lutamos com isso. As vezes os dois se amam e as famílias vêm com caprichos não, não!”

O Reverendo, reprovou o facto de haverem homens e mulheres “que vão ao casamento só para experimentar” e particularmente mulheres comparam o casamento a cadeia.

Comentários

comentários

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


Inscreva-se para receber as novidades por email

* campos obrigatórios