Destacada importância da imprensa na promoção do Evangelho

O portal Arautos da Fé e a revista Luzeiro Gospel, realizaram, ontem, na sala de conferências das Irmãs Paulinas, em Luanda, um seminário de capacitação, subordinado ao tema “como falar com a imprensa”. 

Os presentes solicitarem a realização de mais eventos do género. (Foto: Jaime Chiquito)

Os presentes solicitarem a realização de mais eventos do género. (Foto: Jaime Chiquito)

Dirigido à Artistas, Pastores, Agentes, Empresários, Produtores, Promotores de eventos e estudantes, contou com a prelecção dos jornalistas Mário Santos, Gil Lucamba e Bernardo Caita.

Também Pastor Evangélico, Mário Santos, disse durante a sua prelecção que tem havido má compreensão do papel da imprensa, chegando ao ponto de ser apontada como obra do demónio por alguns Pastores. “Nada, nada e mesmo nada, foi inventado pelo demónio”, defendeu.

Na má utilização destas ferramentas, explicou, “sim, é onde existe a operacionalidade das forças das trevas, quer seja na (sétima arte os filmes que nós vemos, ou mesmo através da música)”.

Mário Santos, considerou positivo o facto de algumas Igrejas terem jornais, programas na rádio e televisão, mas exortou-as a aproveitarem melhor seus tempos de antena para proclamação do Evangelho. 

Mário Santos e Bernardo Caita. (Foto: Jaime Chiquito)

Mário Santos e Bernardo Caita. (Foto: Jaime Chiquito)

Gil Lucamba, administrador do portal Arautos da Fé, apresentou alguns erros de comunicação frequentemente cometidos na interacção com a imprensa. Para ele, “a imprensa é como uma faca de dois gumes, que tanto pode projectar, como afundar uma pessoa”, por isso, aconselhou prudência na hora de lidar com a imprensa.

Lucamba, disse que os jornalistas procuram por informações úteis, que atendam ao interesse público e considerou errado inventar dados para impressionar, bem como fugir da imprensa  em momentos de crise.

Bernardo Caita, da Revista Luzeiro Gospel, apresentou estratégias para se criar um bom relacionamento com a imprensa.

O profissional, afirmou que um bom relacionamento com jornalistas, pode ajudar a ter maior presença na imprensa.  Aconselhou os presentes a olharem para os órgãos de imprensa sem discriminação.

Os presentes, elogiaram a iniciativa e solicitarem a realização de mais eventos do género.

Comentários

comentários

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


Inscreva-se para receber as novidades por email

* campos obrigatórios