Joly Makanda: Essa música (gospel) só servia para tocar nos óbitos

Joly Lussiviqueno Teca Makanda, artisticamente é conhecida por Joly Makanda é um dos grandes nomes da música gospel angolana. Esposa e mãe de 3 filhos, nasceu no Cazenga em Luanda, no dia 21 de Julho de 1980. Em entrevista ao portal Arautos da Fé, contou como a música ajudou a transformar a sua vida. Na entrevista conduzida por Francisco Tchicundia, Joly aproveitou para agradecer este “importante órgão de comunicação”, que no seu entender joga um papel muito preponderante na divulgação e promoção dos artistas e do evangelho.

Joly MakandaArautos da Fé: Joly Makanda quando é que começou a cantar?

Joly Makanda: Comecei a cantar quando tinha 8 anos de idade, na Igreja Exército de Salvação, no bairro Rocha Pinto, município de Luanda. Desde que começou a adorar a Deus, a minha vida física e espiritual mudou de maneira significativa. Graças a força de vontade de reconhecer que existe um Deus que nos guias todos os dias.

Arautos da Fé: Quando é que lançou a sua primeira Obra discográfica no mercado?

Joly Makanda: Foi em 2011 no Parque da Independência, que lancei o meu primeiro rebento discográfico intitulado “Deus das Maravilhas”. Graças a ao Senhor veio muita gente e consegui vender muito bem. Não contava com aquela população toda que acorreu naquele dia para comprar e receber um autógrafo meu.

Arautos da Fé: Que avaliação faz da musica gospel feita por Angolanos?

Joly Makanda: Olha, acho que a música gospel está a crescer muito. Nos anos passados, muitos entediam que essa música só servia para tocar nos óbitos. Mas hoje a realidade é totalmente diferente, até porque casas nocturnas também já tocam música gospel.

Arautos da Fé: A música gospel de Angola é tocada fora do país?

Joly Makanda: Sim! é tocada no Congo democrático, na África do Sul, em França. Falo por experiência própria, porque já constatei quando fui a Joanesburgo. Então, afirmo categoricamente que música feita em Angola e pelos angolanos é muito consumida.

Arautos da Fé: Quem escreve as suas músicas?

Joly Makanda: Eu mesma faço as minhas composições, mas com a ajuda da minha equipa de produção e também ajuda do meu esposo que tem sido muito atencioso comigo. E não é fácil, porque sou mãe sou esposa sou trabalhadora, mas tenho sabido conciliar as minhas tarefas como dona de casa.

Arautos da Fé: Já é possível viver da música em Angola?

Joly Makanda: No meu caso particularmente digo que não é possível viver da música, principalmente o estilo que eu faço porque nem sempre há espectáculos, então se não trabalhar fica muito difícil.

DSC_1783

Joly Makanda no Prémio Nacional da Música Gospel (Foto arquivo)

Arautos da Fé: Qual é o segredo da fama?

Joly Makanda: Olha o segredo da fama NO mundo da música ou do estilo que faço é primeiro conhecer o teu público alvo e fazer uma avaliação do momento, das circunstâncias, do meio em que está inserido. Dai tens, uma receita para que o teu trabalho seja bem consumido. Por exemplo há uma música que esta no meu CD com o tema “tudo ficará” até hoje é sucesso, mas a obra foi lançada em 2011. Porque eu falei do comportamento da sociedade que temos hoje.

Arautos da Fé: Já a um trabalho na forja?

Joly Makanda: Estou a preparar o meu segundo trabalho discográfico. Não tenho ainda uma data específica, mas brevemente poderei anunciar ao público, o mês e o dia.

Arautos da Fé: Que mensagem gostava deixar aos fies do Mundo e particularmente os de Angolanos?

Joly Makanda: Minha mensagem para todos é de consolo esperança de crença e ter Deus sempre ao nosso lado porque é o Altíssimo salvador do céu e da terra.

Comentários

comentários

Artigos relacionados

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


Inscreva-se para receber as novidades por email

* campos obrigatórios